Impactos da Indústria Têxtil e alternativas mais sustentáveis

Impactos da Indústria Têxtil e alternativas mais sustentáveis

Entenda os impactos da indústria têxtil na natureza e como VOCÊ pode adotar medidas simples para combater essa poluição.

Você sabia que a indústria têxtil é uma das mais poluentes do mundo?

Toda a sua cadeia de produção gera um consumo exorbitante de energia, água, liberação de químicas tóxicas ao meio ambiente e, principalmente, o descarte indevido dos tecidos,  com montanhas de roupas espalhadas em lixões abertos que podem demorar 200 anos para se decompor.

Então vamos aprender como minimizar ou até mesmo reverter essa situação com atos simples que podemos incluir em nosso dia a dia.

Tecidos Biodegradáveis

Escolher tecidos naturais e não poluentes pode contribuir muito para reduzir os impactos. Há várias marcas que possuem essa responsabilidade ambiental e oferecem roupas biodegradáveis, feitas de fibras naturais ou materiais reciclados.

O poliéster, por exemplo, usado em boa parte das roupas, possui uma resina plástica em sua composição, podendo demorar até 200 anos para se decompor. Já as peças de algodão, levam cerca de 2 a 3 anos.

Porém, sabemos que —   para a maioria dos brasileiros —  essa realidade está distante, pois as roupas de algodão ou biodegradáveis acabam sendo mais caras.

Mas e agora? Existem outras alternativas?
A resposta é SIM!

1. Guarda-roupa cápsula

Um guarda-roupa cápsula ou inteligente é composto por poucos itens, mas que conversam entre si. 

Em outras palavras, ele é formado por peças de roupa, acessórios e joias neutras, capazes de formar dezenas de combinações e looks diferentes.

Desse modo, o seu consumo irá desacelerar e você só comprará as peças que realmente precisa.

Se tiver dúvidas, assista alguns vídeos disponíveis na plataforma do YouTube ensinando como você pode montar o seu.

2. Cores atemporais

Seguindo o mesmo conceito do guarda roupa inteligente, vamos falar sobre as cores.

Se você tem o hábito de enjoar rápido de uma peça, procure apostar em cores neutras e atemporais como branco, preto, os tons de nude, marrom e azul marinho.

Quanto mais tempo você conseguir utilizar uma peça, menor a necessidade de comprar uma nova.

3. Brechó

A terceira dica é buscar peças de segunda mão. Os brechós são ótimas opções para aumentar a vida útil de uma roupa.

Ainda há um preconceito rondando os brechós, mas com uma boa pesquisa você conseguirá encontrar lugares bacanas para fazer as suas compras. Essa é uma das formas mais eficazes de economizar e ainda ajudar o planeta.

4. Locação de peças

Você sabia que existem lojas de locação de looks? Isso mesmo!

Esse tipo de comércio possui responsabilidade social e o compromisso com a sustentabilidade. Além disso, as peças variam desde vestidos de festas (casamentos, debutantes, formandos), até looks completos do dia a dia.

Ideal para viagens, quando quer tirar fotos com roupas diferentes, ir ao trabalho ou quaisquer outras ocasiões.

Vale lembrar que assim como os brechós, as lojas de locação fazem toda a higienização das peças, então não há motivos para se preocupar.

5. Doações

Por fim, não podemos deixar de falar sobre a sustentabilidade social. Doar uma peça de roupa é um ato de amor.

Se você tem filhos, reaproveite as roupinhas dos mais velhos para as crianças mais novas.

Já com as peças que não servem mais, busque famílias que estão precisando e faça as suas doações.

É por isso que aqui na Kacau acreditamos no "Clean Beauty" não apenas como um conceito, mas também como uma nova forma de consumo e, principalmente, um estilo de vida.
Venha fazer parte da nossa comunidade de apaixonados pela sustentabilidade e vamos JUNTOS mudar o mundo!

Gostou? Então não deixe de acompanhar as nossas mídias sociais para não perder as novidades, hein!

Instagram | Tiktok | Site

Voltar para o blog

Deixe um comentário